Media e Sociedade no Contexto da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa

Caríssim@s

A proposta de doutoramento que aqui apresentemos, que se inscreve numa formação de terceiro ciclo no âmbito das ciências da comunicação, foi aprovada pela A3ES (instância que acredita os cursos de ensino superior em Portugal) pelo período máximo de 6 anos. A argumentação dos avaliadores sublinhou o caracter inovador do programa apresentado que apelidou de “um diálogo académico de alto nível”.

Mas o que torna esta proposta de terceiro ciclo tão peculiar?

Em primeiro lugar, a sua formulação e a temática de estudo. Queremos abrir um espaço de discussão multidisciplinar, cruzando os saberes das ciências sociais, que virão em nosso auxílio para um pensar aberto acerca da realidade comunicativa (e em simultâneo; política, socio-histórica, económica…) dos países de língua portuguesa e da comunidade que pretendem configurar.

Em segundo lugar, a proposta programática e a forma como iremos organizar as sessões de trabalho. Idealizamos uma formação em contornos colaborativos, contando com a participação das instituições que são parte implicada no funcionamento do doutoramento: Universidade Eduardo Mondlane (Moçambique); Universidade de Cabo Verde (UNI-CV) e Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (Brasil). Construímos um projecto educacional produzido numa lógica de debate e sinergias, que visa proporcionar uma reflexão triband entre os continentes; africano, latino-americano e europeu. Contaremos com docentes e investigadores das instituições parceiras, assim como figuras de referência de outras instâncias, numa óptica de enriquecimento intelectual das nossas sessões de contacto. Aliaremos o grande debate intelectual com formulações de natureza prática. Capacitaremos os alunos para aprendizagens que contemplem o usos de ferramentas comunicativas disponíveis nos nossos laboratórios e providenciaremos competências no uso de ferramentas informáticas de apoio ao trabalho investigativo (softwares para recolha e tratamento de dados), com o intuito de facultarmos uma formação de excelência.

Em terceiro lugar, pelo compromisso académico que queremos estabelecer com todos vós. Fomentaremos, desde o começo, a participação plena dos nossos alunos em projetos de natureza investigativa, quer na linha de pesquisa que está associada ao programa de doutoramento (“Sociedades de língua portuguesa” – OBSERVARE), quer nos projetos promovidos pelo Departamento de Ciências da Comunicação, em concreto no Núcleo de Estudo de Práticas e Competências Mediáticas (NIP@COM). Com o intuito de fortalecermos redes e desenvolvermos projetos de investigação conjuntos, incentivaremos para o efeito a circulação de alunos pelas nossas congéneres africanas e brasileira.

Queremos de igual forma reforçar este compromisso que estabelecemos convosco, fomentando uma relação de total proximidade por via de encontros periódicos, individuais e em grupo, onde debateremos o caminho que estamos a construir conjuntamente.

Esta proposta de doutoramento almeja colmatar uma gritante lacuna, a inexistência no contexto da CPLP de um espaço de reflexão académica permanente, capaz de pensar desde uma lógica partilhada as especificidades de um agir histórico conjunto, gerador de períodos de continuidade e descontinuidade relacional. Em concreto no trajeto que foi conformando nas suas múltiplas intersecções culturais e mediáticas. Ambicionamos como meta maior despoletar um movimento capaz de consolidar uma rede académica dos países de língua portuguesa para conformarem em conjunto uma intricada reflexão acerca deste complexo universo cultural. As grandes metas formativas que propomos para os alunos são as seguintes:

  • Desenvolver competências de rigor no pensar e no produzir académico.
  • Discutir desde uma perspetiva crítica as correntes historiográficas que interpretam o colonialismo português e as conceções posteriores do pós-colonialismo.
  • Fomentar um conhecimento multidimensional dos países que constituem a CPLP, em concreto aprofundar a compreensão social, económica, política e mediática de cada uma das realidades.
  • Compreender o papel dos Estados, das Organizações formais e da Sociedade Civil na conformação do projeto da comunidade de países de língua portuguesa.
  • Estimular a capacidade para se gerarem reflexões que proponham políticas públicas ou ações concertadas entre os distintos países.

 

E em concreto em relação ao campo comunicativo;

  • Compreender historicamente o papel dos meios de comunicação social como agentes de debate público e construção cívica em cada um dos países da CPLP.
  • Examinar o papel do jornalista nos distintos contextos locais, escrutinando a sua formação, as suas práticas e os possíveis constrangimentos no exercício da sua atividade profissional. De forma complementar entender o papel que desempenha a Federação dos Jornalista de Língua Portuguesa.
  • Perceber as competências e ações da Plataforma das Entidades Reguladoras da Comunicação Social dos Países e Territórios de Língua Portuguesa (PER), assim como, as iniciativas e deliberações que foram sendo produzidas pelos distintos governos no que concerne ao espaço comunicativo.
  • Entender o comportamento dos públicos na relação direta com as preferências dos consumos mediáticos e a circulação de conteúdos culturais no seio da comunidade de países de língua portuguesa.
  • Observar as práticas e os riscos associados as atividades digitais das populações nos países da CPLP.
  • Compreender o papel das universidades e dos núcleos de investigação para o estudo do fenómeno comunicativo no contexto CPLP, percebendo as suas linhas de estudo, resultados e redes.
  • Contribuir para um debate académico abrangente, que contemple leituras plurais na inclusão de diferentes perspetivas epistemológicas propostas por académicos das distintas áreas e proveniências da CPLP. O resultado esperado é uma verdadeira problematização do campo comunicativo, que permita atender as idiossincrasias e especificidades de cada um dos contextos em análise.

Até breve!
Bruno Carriço Reis
Coordenador do Doutoramento

 

1º semestre decorre normalmente entre março e junho, e o 2º semestre entre outubro e fevereiro. As aulas ocorrem em regime pós-laboral (entre as 18h00 e as 22h30).

    Plano Curricular

    - Prof. Doutor Bruno Reis

    Temos como desígnio atingir três objetivos:

    • que os estudantes aprendem a abordar a pesquisa científica como constituição do objeto de estudo;
    • que os estudantes desenvolvam a capacidade de formular pesquisas alicerçadas na metodologia científica;
    • que os estudantes ganhem sensibilidade para a maneira como o vocabulário das ciências sociais participa na constituição dos objetos de pesquisa tendo em conta a sua origem local (Europa/África/Américas) e suas pretensões universais.

    - Prof.ª Doutora Maria do Carmo Piçarra

    Pretende-se que os/as estudantes adquiram instrumentação teórica, metodológica e analítica atualizada, com uma dimensão internacional, e que lhes permita a realização de investigações avançadas na área da Comunicação a partir de uma perspetiva crítica quanto à(s) comunidade(s) de língua portuguesa ficando ciente da pluralidade de representações sociais nela existente.

    - Prof. Doutor Arons de Carvalho

    O objetivo da unidade curricular consiste em problematizar as principais dinâmicas da Opinião Pública que marcam o mundo da CPLP, bem como pensar as intersecções entre o campo da comunicação e da política nas democracias contemporâneas, especialmente daquelas que compõem o espaço público dos países de língua oficial portuguesa.

    - Prof. Doutor Vítor Tomé

    O objetivo primordial desta unidade curricular é capacitar operativamente os jovens investigadores para o processo de pesquisa.

    - Prof. Doutor Hélder Prior

    O curso objetiva analisar a interpretação política da mídia brasileira, buscando discuti-la como produtora de informações e fonte geradora de sistemas de representação da realidade.

    - Prof. Doutor Reginaldo Almeida

    O objetivo central desta unidade curricular é debater, aprofundar e comparar as lógicas de funcionamento dos media da CPLP, bem como sua inserção na realidade global atual.

    - Prof. Doutor Luís Tomé - Prof. Doutor Bruno Reis

    No final da unidade curricular o aluno/a deverá ser capaz de planificar de forma detalhada uma investigação.

    - Prof.ª Doutora Paula Lopes

    O objetivo principal é compreender o papel da Educação para os Media / Literacia dos Media no contexto da CPLP.

    - Prof. Doutor Bruno Reis

    Dois objetivos fundamentais orientam estas sessões. Um primeiro é proporcionar aos alunos contacto direto com investigadores de referência nos distintos âmbitos do campo comunicativo. Um segundo objetivo está diretamente relacionado com a apresentação e discussão dos projetos de doutoramento dos alunos.

    - Prof. Doutor Bruno Reis

    O objetivo principal deste espaço tutorial é incentivar o desenvolvimento de um trabalho académico sistemático, estimulando a produção e a respetiva comunicação de resultados diretamente relacionados com o processo de tese. De forma complementar, pretende-se criar um espaço de partilha e de debate que aporte dimensão crítica ao trabalho efetuado.

    - Prof. Doutor Bruno Reis

    O objetivo principal deste espaço tutorial é incentivar o desenvolvimento de um trabalho académico sistemático, incentivando a produção e a respetiva comunicação de resultados diretamente relacionados com o processo de tese. De forma complementar, pretende-se criar um espaço de partilha e de debate que aporte dimensão crítica ao trabalho efetuado.

    Prof. Doutor Crisanto Barros

    Prof. Doutor Elísio Macamo

    Prof. Doutor João Miguel

    Prof. Doutor Patrício Langa

    Profª. Doutora Vera Chaia