Seminário África Subsaariana | 12 e 19 de Junho

12 de Junho | 15h30 | Sala 41
ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS E CONFLITO COMUNAL NA NIGÉRIA
Gustavo Furini

Os conflitos comunais na Nigéria envolvendo o grupo étnico Fulani apresentaram uma forte escalada a partir de 2010, sendo que 90% das fatalidades que ocorreram durante o período de 2010 a 2017 estiveram concentradas em quatro estados nigerianos. Estudos apontam que as alterações climáticas estão a impactar negativamente a disponibilidade de água na Nigéria e, tendo em isso em conta, buscou-se identificar de que forma a variação da chuva se relaciona com a dinâmica do conflito, em especial, no que tange o número de mortes por ataques violentos.

 

 

19 de Junho | 18h30 | Sala 27
PAN-AFRICANISMO NA ÁFRICA SUBSAARIANA
Fernando Amorim

A sessão subordinada ao tema “Pan-africanismo na África Subsariana” visa convidar a uma reflexão acerca de como um conceito cultural de composição exclusivamente ocidental, com origem na Grécia Antiga, significando no grego clássico, por um lado, e no plano cultural, a ideia de totalidade como sendo a afirmação de que nada existe fora do que designa o segundo elemento do termo, e por outro, a expressão de uma ideia de universalidade, veio a constituir o fundamento histórico, político e sociológico das ideologias “pan”, focando-nos, subsequentemente, nas primeiras correntes e movimentos de desalianação africana, numa fase fundadora de origem predominantemente caribenha e americana, para posteriormente nos determos nas especificidades e equívocos da ideologia do pan-africanismo nas suas três dimensões: o Pan-africanismo racial; o pan-africanismo político herdeiro de conceitos políticos sociais e económicos de tradição colonial e de ruptura com a influência anglo-caribenha e, por último, de um pan-africanismo cultural ou da Negritude que, parece constituir-se como sobrevivente da ideologia pan-africana, mas também, a abertura de um caminho para um renascimento cultural que parece estar a fomentar a emergência de consciências identitárias étnico-culturais de natureza nacionalista.

 

Departamento de Relações Internacionais