Ricardo Sousa

- Composição do Conselho Científico - Composição do Conselho Pedagógico - Departamento de Relações Internacionais - Doutoramento em Relações Internacionais: Gepolítica e Geoeconomia - Licenciatura em Relações Internacionais - Mestrado em Estudos da Paz e da Guerra nas Novas Relações Internacionais - Mestrado em Relações Internacionais

Ver Ciência Vitae
rsousa@autonoma.pt

Professor associado na Universidade Autónoma de Lisboa (UAL) e membro do centro de investigação OBSERVARE. Coordenador do programa de Mestrados do Departamento de Relações Internacionais da UAL, membro dos Conselhos Pedagógico e Científico da UAL e diretor adjunto da revista científica JANUS.NET, e-journal of International Relations. Anteriormente foi diretor adjunto do OBSERVARE.

Doutorado em Relações Internacionais e Ciência Política pelo Instituto Internacional de Ciências Sociais da Universidade Erasmus de Roterdão (ISS-EUR), Países Baixos, Mestre em Estudos do Desenvolvimento pela Escola de Estudos Orientais e Africanos (SOAS) da Universidade de Londres, Reino Unido e licenciado em Gestão pelo Instituto Universitário de Lisboa (IUL).

Durante o doutoramento foi membro da Escola de Investigação sobre a Paz e Conflito na Noruega organizada pela Universidade de Oslo (UiO), pelo Instituto de Investigação sobre a Paz em Oslo (PRIO) e pela Universidade Norueguesa para a Ciência e Tecnologia (NTNU). Tem um diploma de estudos avançados em Estudos Africanos do Centro de Estudos Africanos (CEA) do Instituto Universitário de Lisboa (IUL).

Anteriormente trabalhou como investigador no Centro de Estudos Africanos (CEA) do Instituto Universitário de Lisboa (IUL) em Portugal, em agências das Nações Unidas em Timor-Leste e Guiana e como consultor de gestão na Deloitte Consulting e PricewaterhouseCoopers em Portugal.

A sua investigação situa-se na área dos Estudos de Segurança Internacional desenvolvida com uma abordagem multidisciplinar utilizando métodos mistos de pesquisa. Os seus temas de interesse são guerras civis e outras formas de violência política, a “maldição dos recursos”, intervenções externas e organizações internacionais com um mandato de segurança. Tem publicações sobre a região Africana, o Corno de África, Angola, Somália, as Nações Unidas e a União Africana.