Bolsas Santander Mobilidade Global 2021

Tendo como objetivo a promoção da mobilidade internacional de estudantes portugueses, o Banco Santander Totta, S.A., criou o Programa Bolsas Santander Mobilidade Global. Neste sentido, os objetivos passam por:

  • Incentivar os estudantes a experimentar uma vivência internacional, multicultural e em diferentes geografias e idiomas;
  • Enriquecer o currículo académico dos alunos;
  • Preparar melhor os estudantes para o seu futuro pessoal e profissional;
  • Dotar os estudantes, com limitações económicas, de um complemento financeiro.

A Universidade Autónoma de Lisboa irá usufruir de 8 (oito) bolsas sendo que, de forma a ser elegível para as mesmas, os candidatos devem cumprir as condições de elegibilidade:

  • Estar matriculado em licenciatura ou mestrado numa Instituição de Ensino Superior beneficiária de mecenato do Santander;
  • Fazer prova do aproveitamento escolar no ano letivo anteriormente frequentado;
  • Nacionalidade portuguesa;
  • Possuir uma conta bancária em nome do aluno no banco Santander Totta.

A participação no programa de bolsas está ainda circunscrita por condicionantes específicas, que são objeto de ponderação por parte da IES no que concerne a importância que lhes é atribuída aquando da seleção, nomeadamente:

  • Rendimento anual pessoal ou familiar per capita, conforme IRS de 2019, igual ou inferior a 22 vezes o valor do Indexante de Apoios Sociais (IAS) atualmente em vigor, correspondendo, na Edição deste Programa em 2021/2022 ao valor total de 9.653,82 € (Nove mil seiscentos e cinquenta e três euros e oitenta e dois cêntimos).
  • Um património imobiliário pessoal ou familiar per capita, no final do ano de 2019, inferior a 240 vezes o valor do IAS correspondendo nas Edições deste Programa, ao valor total de 105.314,40 € (Cento e cinco mil trezentos e catorze euros e quarenta cêntimos).
  • Apresentação de carta de motivação demonstrativa da importância da Bolsa Global no desenvolvimento pessoal e profissional do candidato.
  • Disponibilização de Curriculum Vitae descritivo da carreira escolar, incluindo classificação atual, de atividades sociais ou desportivas, de intervenção cívica ou de apoio familiar realizado ou a realizar.
  • Apresentação de prova da situação económico-financeira que conduz o aluno à necessidade da bolsa para prosseguir os estudos.

No que concerne a acumulação de bolsas, podem ser atribuídas bolsas a candidatos que concorreram ou obtiveram Bolsas Santander ou outras bolsas em algum momento passado. No entanto, não é permitida a acumulação de bolsas mobilidade Santander no ano letivo em curso, mas podem ser acumuladas outras bolsas ou apoios com a bolsa Santander.

Os procedimentos e a documentação necessária à candidatura serão indicados em local adequado no portal: link. Informação adicional pode ser consultada no regulamento, na íntegra, em link.

Os alunos interessados deverão submeter a sua candidatura com a maior brevidade possível.