Conferência “Revolução Pernambucana de 1817 e  apropriações da história” | 2 dezembro | 18h30 | Sala 81

 2 Dezembro, 2019 - 18:30

Em 1817, aconteceu o mais contundente movimento contra a dominação colonial portuguesa no Brasil. Deu-se num momento em que o Rio de Janeiro ocupava o lugar de Lisboa e, ainda, quando as relações entre Brasil e Portugal, de certo modo, invertiam-se. Conhecido como ‘Revolução Pernambucana de 1817’, o movimento estendeu-se pelas capitanias da Paraíba, Rio Grande do Norte e parte do Ceará, além de envolver a então Comarca de Alagoas. Levou ao estabelecimento de um governo republicano por cerca de 75 dias, teve repercussão internacional e foi violentamente reprimido. Esta conferência tem por fim apresentar as origens do movimento, seus protagonistas, suas bandeiras. Busca, ainda, sustentar a tese segundo a qual, mesmo se opondo ao domínio colonial, a Revolução mostrou o quão difícil era então aos súditos da coroa lusitana no Brasil romper com a identidade portuguesa maior.

 

Orador

Professor Doutor Luiz Carlos Villalta |  Cátedra Unesco/UFMG-DRI

 

 

Departamento de História, Artes e Humanidades
Cátedra de História e Cultura Luso-Brasileira do DHAH