Universidade Autónoma de Lisboa
EN
Above Content

Unidades Curriculares

Search

Pesquisa
Content
left side
Professor Doutor Luis Tomé

Coordenador

Professor Doutor Luis Tomé

ltome@autonoma.pt

Secretaria dos Alunos
Rua de Santa Marta, nº 47 
Horário de atendimento: 2ª a 6ª feira das 9h30 às 19h30
Telefone: (+351) 21 317 76 00

Unidade Central de Apoio Académico 
(Mestrados e Doutoramentos / Apoio aos Departamentos)
Rua de Santa Marta, nº 47, 3º andar
Horário de atendimento: 2ª a 6ª feira das 9h às 19h
Telefone: (+351) 21 317 76 00
Article / Section
Home > > > >
  • 1º Semestre

    • 3 ECTSMétodos de Trabalho Científico   Luís Alves Fraga

      Objetivos gerais:
      • Apreender e desenvolver o processo da investigação científica, como processo de produção e comunicação do conhecimento, e reconhecendo o planeamento da pesquisa como economia de tempo e racionalização de recursos
      • definir necessidades informativas: como aceder à informação, avaliá-la e organizá-la
      • Adquirir instrumentos metodológicos para redigir trabalhos académicos com rigor, sistematização e espírito crítico; noções de escrita adequada, coerência interna e uniformização de critérios na metodologia de citação.
      Objectivos específicos:
      • Caracterizar o conhecimento científico
      • Identificar os métodos e técnicas de pesquisa
      • Conhecer as principais fontes de informação
      • Identificar e caracterizar os tipos de trabalhos científico-académicos
      • Planear e executar uma Pesquisa Bibliográfica e elaborar um Projecto de Investigação
      • Produzir um trabalho monográfico seguindo as normas documentais de referenciação bibliográfica.

    • 3 ECTSIntrodução à Economia   Doutora Sandra Ribeiro

       Objectivos de aprendizagem:

      • Introduzir o estudante no âmbito da Economia como disciplina científica com o fim de compreender como funcionam os mercados e actuam consumidores e produtores.
      • Conhecer noções básicas e teorias essenciais de Economia e Economia Política, bem como de micro e macroeconomia, comércio internacional, sistema monetário e taxas de câmbio e investimento.
      • Compreender o processo e os impactos da globalização económica e dos processos regionais de integração económica.

    • 6 ECTSDireito Internacional Público I   Doutora Patrícia Galvão Teles

      • Aquisição dos principais conceitos e princípios do Direito Internacional Público.
      • Análise critica das potencialidades e limitações do Direito Internacional na regulação do sistema internacional na era da globalização, em especial a capacidade de responder aos desafios que decorrem da crescente participação de actores não-soberanos e da emergência de novas modalidades de produção de regras globais.
      • Estimular uma abordagem interdisciplinar articulando a dimensão normativa do Direito Internacional e a dimensão das relações internacionais na compreensão dos processos internacionais e das limitações de eficácia do próprio direito internacional.
      • Conhecimento da evolução da jurisprudência internacional através do estudo de casos de referência.
      • Aquisição de competências de comunicação de ideias e de reflexão critica sobre os textos analisados.
      • Aquisição de competências de argumentação no contexto do debate de ideias e participação em sessões públicas.

    • 6 ECTSOrganizações Internacionais   Doutora Nancy Gomes

      Objetivos:
      • Conhecer a origem e a evolução das OI
      • Sistematizar as suas características como forma de cooperação internacional e na qualidade de garantes da governação global
      • Reflectir a relação entre realidade internacional e o funcionamento das OI
      • Promover a reflexão sobre a origem e evolução da ONU, articulada com os principais actores nos planos político-diplomáticos
      • Identificar e conhecer a acção das organizações continentais, regionais ou especializadas, considerando a complexidade do sistema internacional e os novos actores.
      Competências:
      • Identificar as contribuições teóricas para o estudo das OI
      • Compreender e analisar os seus mecanismos
      • Identificar, seleccionar e avaliar fontes de informação documentais e bibliográficas;
      • Desenvolver capacidade de reflexão crítica
      • Analisar o funcionamento e o processo de decisão das OI
      • Reconhecer a importância das OI no quadro diplomático multilateral
      • Compreender o papel de Portugal como membro nas OI

    • 6 ECTSMundo Contemporâneo   Doutora Brígida Brito

       

    • 6 ECTSHistória das Relações Internacionais I   Doutora Nancy Gomes

      • Compreender e interpretar a evolução das Relações Internacionais desde a Antiguidade Clássica ao início do século XX;
      • Aprofundar o conhecimento das grandes transformações históricas operadas no mesmo período;
      • Utilizar a bibliografia essencial e fontes de interesse para o estudo da História das Relações Internacionais;
      • Desenvolver metodologia adequada à investigação histórica das Relações Internacionais;
      • Explicar a natureza do sistema político internacional, construído à volta do Estado soberano e de instituições como a diplomacia, o direito internacional, o comércio, a expansão imperial, as guerras e as alianças.
      • Adquirir competências no âmbito da investigação historiográfica e documental.
      • Aperfeiçoar a forma de comunicar no âmbito da disciplina de História das Relações Internacionais, através de diversos meios e com públicos-alvo diferenciados.

  • 2º Semestre

    • 6.5 ECTSDefesa e Segurança Internacional   General Luís Valença Pinto

      Objetivos:
      1. Adquirir o quadro conceptual adequado ao conhecimento e à análise dos assuntos relacionados com a defesa e a segurança internacional;
      2. Desenvolver capacidade de análise sobre a evolução das ameaças, os actores e os instrumentos, as políticas de defesa, os sistemas de segurança internacional e o papel das organizações de defesa e de segurança.
      Competências:
      1. entendimento dos riscos que afectam a segurança;
      2. compreensão das evoluções e alterações em matéria de defesa e segurança, incluindo ameaças, actores, instrumentos, tipo de conflitos e as novas abordagens e referencias;
      3. consciência dos desafios e dos esforços internacionais na promoção da segurança e da "paz completa";
      4. capacidade de reflexão sobre o carácter e o papel das organizações quer de defesa quer de segurança, com destaque para a ONU, a NATO e a UE-PCSD;
      5. consciência dos vectores da política de defesa nacional e do envolvimento de Portugal na segurança internacional.

    • 6 ECTSComunicação e Cultura   Doutora Luísa Godinho

      A unidade curricular constitui uma introdução ao estudo da Cultura e da Comunicação no mundo contemporâneo, adaptada à formação oferecida pela Licenciatura em Relações Internacionais. 

      Pretende-se que os formandos adquiram conhecimentos essenciais sobre a evolução moderna da ideia de Cultura e sua importância e diversidade no Mundo actual, bem como sobre o funcionamento, os procedimentos e a influência dos actuais meios de Comunicação e dos media globalmente considerados na vida contemporânea. Da formação oferecida deverá resultar uma boa compreensão, actualizada e especializada, sobre o lugar e o papel da Cultura e da Comunicação, em particular nas sociedades democráticas.

    • 6 ECTSDireito Internacional Publico II   Doutor Miguel Santos Neves

      • Conhecimento sobre o conteúdo e aspectos fundamentais dos principais regimes internacionais, designadamente o direito internacional económico, o direito internacional do ambiente e as questões da guerra e da paz no sistema internacional.
      • Estimular uma abordagem interdisciplinar através de uma maior articulação e interacção entre a dimensão normativa do Direito Internacional e a dimensão das relações internacionais na compreensão dos processos internacionais e das limitações de eficácia do próprio direito internacional.
      • Conhecimento da jurisprudência internacional e da aplicação em concreto das normas internacionais através do estudo de casos de referência.
      • Desenvolver uma capacidade de análise critica sobre o potencial e as limitações do Direito Internacional num contexto

    • 6 ECTSRelações Económicas Internacionais   Mestre Henrique Morais

       

    • 6 ECTSHistória das Relações Internacionais II   Doutora Nancy Ferreira Gomes

      • Compreender e interpretar a evolução das Relações Internacionais desde o início do século XX;
      • Explicar a natureza do sistema político internacional a partir do conceito de Estado soberano e de instituições como a diplomacia, o direito internacional, a expansão imperial, as guerras e as alianças;
      • Aprofundar o conhecimento das grandes transformações históricas operadas no mesmo período;
      • Utilizar a bibliografia essencial e fontes de interesse para o estudo da História das Relações Internacionais;
      • Explicar a evolução do sistema político internacional como causa dos dois conflitos mundiais;
      • Compreender as alterações verificadas no plano geoestratégico e geopolítico como consequência da Segunda Guerra Mundial;
      • Adquirir competências no âmbito da investigação historiográfica e documental;
      • Compreender a origem e a evolução das grandes questões das relações internacionais contemporâneas, como o humanismo, o realismo, o nacionalismo, o socialismo, o pacifismo, e o pluralismo.

  • 3º semestre

    • 6 ECTSPensamento Político e Social   Mestre António José Seguro

      Objetivos:
      • Adquirir a teoria e metodologia adequada ao conhecimento, compreensão e análise da temática
      • Identificar, seleccionar e avaliar fontes de informação
      • Tomar contacto com os autores e obras relevantes
      • Desenvolver atitude reflexiva sobre as principais ideias políticas e sociais
      Competências:
      • Conhecer a origem e a evolução das principais ideias políticas e sociais
      • Compreender as teorizações dos principais pensadores políticos
      • Reconhecer a importância das ideias políticas e sociais e das principais concepções ideológicas para a evolução histórica
      • Compreender as classificações e teorias políticas, o pensamento revolucionário, as grandes concepções ideológicas, e respectivo contexto histórico
      • Compreender a relação pensamento político/acontecimentos históricos
      • Avaliar a evolução de certas concepções ideológicas e sua contemporaneidade
      • Percepcionar o aparecimento de novas ideias e novas ideologias

    • 6 ECTSAssuntos Europeus   Doutor Filipe Vasconcelos Romão

      • Adquirir o conhecimento e a compreensão da génese e evolução do processo de integração europeia
      • Identificar, selecionar e avaliar fontes de informação relativas às instituições europeias e diversas políticas comuns
      • Desenvolver atitude reflexiva sobre o processo de construção europeia e de alargamento
      • Compreender as principais correntes sociais e políticas
      • Reconhecer a importância do processo de construção europeia
      • Descrever e compreender as principais evoluções dos Estados membros, dos Tratados institutivos e subsequentes alterações
      • Compreender a importância para Portugal do direito comunitário e dos seus princípios
      • Compreender o funcionamento das diferentes instituições comunitárias, a articulação entre si e o processo decisório comunitário
      • Avaliar a evolução das diferentes políticas comuns
      • Discutir a tese soberanista e federalista
      • Percecionar os direitos e deveres dos cidadãos europeus em geral e portugueses em especial.

    • 6 ECTSEconomia Europeia   Mestre Pedro Pinto

      Objectivos de aprendizagem:
      • Adquirir conhecimentos e capacidade de análise sobre a actual situação da Economia Europeia e sua inserção no contexto mundial;
      • Conhecer a história, os actores e as interacções intra e inter regionais do espaço europeu;
      • Desenvolver uma atitude de reflexão sobre as ocorrências e dinâmicas na construção da União Económica e Monetária Europeia.
      Competências a desenvolver:
      • conhecer a evolução histórica e a situação actual de competitividade da economia europeia no contexto mundial; 
      • perceber a heterogeneidade do espaço europeu e compreender as respectivas dinâmicas económicas e políticas entre as várias "Europas";
      • entender o potencial, os constrangimentos e as políticas dos actores mais relevantes do espaço europeu, incluindo Portugal, e avaliar as tendências que se estabelecem face aos restantes espaços económicos mundiais; 
      • compreender os vectores de competição Europa, EUA, China e restantes economias emergentes.
    • 6 ECTSTeorias das Relações Internacionais I   Doutor Luís Moita e Doutor Ricardo Sousa

      O objectivo da disciplina de Teorias das Relações Internacionais I é o de familiarizar os estudantes com as grandes correntes de pensamento e diferentes perspectivas, tradicionais ou clássicas e modernas, acerca das Relações Internacionais, proporcionando-lhes um conhecimento aprofundado sobre os conceitos operacionais, as distintas problemáticas e temas de estudo da disciplina. 

      Pretende-se assim que o aluno adquira capacidades de análise em relação ao estudo das Relações Internacionais, olhando para os temas da actualidade a partir de determinadas perspectivas estruturadas e científicas e tomando consciência das virtudes e limitações das mesmas.

    • 6 ECTSSócio-Cultura Portuguesa   Doutor Luís Alves Fraga

      Como aptidões e competências gerais é necessário que o estudante:
      1. Saiba situar aspectos vários da cultura portuguesa no tempo e no espaço;
      2. Saiba relacionar a cultura portuguesa com o povo português e com a sua expansão no mundo.
      Como aptidões e competências específicas torna-se necessário que o estudante:
      1. Perceba a importância do papel cultural da Igreja Católica e da Expansão Marítima;
      2. Compreenda a extensão cultural do mito sebastianista;
      3. Conheça os mais importantes momentos de mudança sócio-cultural em Portugal entre o século XVII e o século XX e identifique as suas manifestações mais evidentes.

  • 4º semestre

    • 6 ECTSGeopolitica e Geoestratégia   Doutor Luís Tomé

      Objectivos de aprendizagem:
      • Adquirir o quadro conceptual e metodológico adequado ao conhecimento e análise geopolítica e estratégica;
      • Conhecer as teorias clássicas e as novas abordagens;
      • Desenvolver uma atitude de reflexão sobre as características e tendências da geopolítica mundial e as estratégias dos grandes actores internacionais na actualidade.
      Competências a desenvolver:
      • consciência da relação entre geografia e política e da elaboração estratégica no comportamento e interacções dos actores internacionais;
      • conhecer a evolução do pensamento geopolítico e estratégico, os principais pensadores e as perspectivas actuais;
      • capacidade de análise das dinâmicas e interacções geopolíticas e estratégicas;
      • capacidade de reflexão sobre a geopolítica mundial e a estratégia dos principais actores na actualidade, bem como o posicionamento geopolítico e a estratégia de Portugal.

    • 6 ECTSAmbiente e Relações Internacionais   Doutora Brígida Brito

      Os objectivos desta unidade curricular são:
      1. a aquisição de conhecimentos conceptuais e teóricos sobre a importância do Ambiente para as Relações Internacionais
      2. a compreensão da importância do Ambiente no contexto internacional e a análise da influência deste sobre o primeiro
      3. a análise das principais alterações na correlação de forças a nível internacional no domínio ambiental
      4. a identificação dos principais problemas ou ameaças ambientais
      5. a valorização da auto-aprendizagem estimulando a análise crítica dos temas abordados no decurso das sessões de contacto
      As competências esperadas a adquirir pelo aluno são:
      1. a capacidade de identificar e seleccionar fontes de informação adequadas aos objectivos das pesquisas sobre temáticas ambientais
      2. a aptidão para definir os principais problemas ambientais por região a nível mundial
      3.  o conhecimento sobre os instrumentos reguladores do Ambiente a nível internacional

    • 6 ECTSTeorias das Relações Internacionais II   Doutor Luís Moita e Doutor Ricardo Sousa

      O objectivo da disciplina de Teorias das Relações Internacionais II é o de familiarizar os estudantes com as grandes correntes de pensamento e diferentes perspectivas, tradicionais ou clássicas e modernas, acerca das Relações Internacionais, proporcionando-lhes um conhecimento aprofundado sobre os conceitos operacionais, as distintas problemáticas e temas de estudo da disciplina. 

      Pretende-se assim que o aluno adquira capacidades de análise em relação ao estudo das Relações Internacionais, olhando para os temas da actualidade a partir de determinadas perspectivas estruturadas e científicas e tomando consciência das virtudes e limitações das mesmas.

    • 6 ECTSDiplomacia e Negociação Internacional   Doutor Filipe Vasconcelos Romão e Doutor Seixas da Costa

      Os últimos anos vêm revelando importantes mudanças no quadro do relacionamento internacional, o que se projeta nas politicas externas e nas negociações pelas quais os Estados o procuram estruturar e harmonizar. O fim do equilíbrio bipolar e o novo desenho estratégico dele decorrente e as diversificadas consequências da dinâmica da globalização têm colocado pesados problemas à comunidade das nações e introduzido novos desafios, para os resolver, à diplomacia e à negociação internacional. 

      Porque nunca terá sido tão estreita a interdependência entre Estados e Povos, e tão diretas as suas consequências para os cidadãos que formam as respetivas sociedades civis, importa dar aos estudantes instrumentos de conhecimento e uma formação teórico e prática que lhes permitam melhor entender e intervir no difícil mundo atual – tanto na vida quotidiana como no mercado de trabalho a que desejam ascender.

    • 6 ECTSNegócio Internacional   Doutor Amadeu Paiva

       

  • 5º semestre

    • 6 ECTSTeoria do Estado   Mestre António José Seguro

      Objetivos de aprendizagem:
      • Adquirir o quadro teórico, conceptual e metodológico adequado ao conhecimento e à análise do Estado e do poder político;
      • Desenvolver uma atitude de reflexão e problematização sobre a natureza do Estado, da soberania e dos sistemas políticos na actualidade;
      Competências a desenvolver:
      • consciência das diversas conceptualizações e abordagens teóricas fundamentais de Estado, nação,
      • soberania e poder/regime político;
      • conhecer as origens e evolução histórica, os fins e os órgãos do Estado; as diferentes perspectivas de nação; as formas de selecção e participação política; a excepcionalidade da UE; e a evolução do sistema político português;
      • identificar e caracterizar os diferentes tipos de Estado e de regimes/sistemas políticos em face de realidades
      • concretas;
      • capacidade de problematização sobre a natureza do Estado contemporâneo e os desafios e dilemas envolvendo a soberania, a governância e a Democracia.

    • 6 ECTSCooperação Internacional   Doutora Brigida Brito

       

    • 6 ECTSDireitos Humanos e Direito Humanitário   Doutor Miguel Santos Neves

       

    • 6 ECTSEurásia   Doutor Luís Tomé

       Objectivos de aprendizagem:

      • Adquirir conhecimentos e capacidade de análise sobre a situação no vasto espaço que vai da Europa Oriental à Ásia Central;
      • Conhecer a história, os actores e as interacções intra e inter regionais;
      • Desenvolver uma atitude de reflexão sobre as ocorrências e dinâmicas na EurÁsia.

      Competências a desenvolver:

      • conhecer a evolução histórica e a situação actual no espaço delimitado da EurÁsia;
      • perceber a heterogeneidade da Eurásia, identificar as várias sub-regiões (dos Bálticos à Ásia Central, passando pela Europa Oriental e Cáucaso ou as Bacias dos Mares Báltico, Negro e Cáspio) e compreender as respectivas especificidades e evoluções;
      • entender o potencial, os constrangimentos e as políticas dos actores mais relevantes (residentes e não residentes), em particular a Rússia, bem como o quadro das interacções bi e multilaterais no "espaço pós-soviético”;
      • perceber os factores de instabilidade e os conflitos e diferendos;
      • compreender os vectores de competição e de cooperação na EurÁsia e as interdependências com outros actores e regiões do mundo.

    • 6 ECTSPortugal no Mundo   General Luís Valença Pinto

       

  • 6º semestre

    • 6 ECTSCrises e Conflitos   Doutor Filipe Vasconcelos Romão

      Constituem objectivos específicos desta unidade curricular:
      • Compreender as principais dinâmicas geopolíticas (e geoeconómicas) da actualidade relevantes para o estudo da conflitualidade;
      • Adquirir noções-base no campo do estudo da conflitualidade;
      • Conhecer os principais conflitos da actualidade: actores, causas e evolução recente;
      • Distinguir e caracterizar os processos de instabilidade em África, no Médio Oriente, na Europa e na Ásia Central.

    • 6 ECTSMédio Oriente e Magrebe    General Luís Valença Pinto

       Objectivos:

      • Compreender as "fundações” do Médio Oriente e mundo islâmico no que concerne a Estados e sociedades; 
      • conhecer os principais pilares da evolução histórica da região desde o despontar do Islão aos impactos das Guerras Mundiais e da "Guerra Fria”;
      • perceber a questão energética e a dimensão religiosa; 
      • compreender as especificidades da região do Magrebe;
      • desenvolver uma atitude de reflexão e análise cuidada sobre os processos de mudança e de conflitualidade no Médio Oriente e Norte de África, bem como as influências de outros actores "externos”.  

    • 6 ECTSContinente Americano   Doutora Nancy Ferreira Gomes

       Objectivos do ensino-aprendizagem:

      Proporcionar aos estudantes ferramentas teóricas e de análise, quer através de uma abordagem histórica geral quer através do estudo de casos concretos, que lhes permitam compreender melhor a realidade sociopolítica e económica, a evolução do sistema e consequente inserção internacional do Continente Americano e das Américas do Norte, Central e do Sul, com destaque para os casos dos EUA e do Brasil.

      Compreender as especificidades da América Latina: Evolução histórica, fronteiras regionais, Estados e subsistemas; Pluralismo e "autonomia política” da região.

      Sistema Interamericano; conceito; origens; processo de institucionalização. Processos de integração regionais. Conflitos, diferendos e criminalidade. 

      América Latina e os EUA, a UE, Portugal e a China.  

    • 6 ECTSÁsia-Pacífico   Doutor Luís Tomé

       Objectivos de aprendizagem:

      • Adquirir conhecimentos e capacidade de análise sobre a situação na vasta região da Ásia-Pacífico;
      • Conhecer a história, os actores e as interacções intra e inter regionais;
      • Desenvolver uma atitude de reflexão sobre as ocorrências nesta região e a sua crescente importância no sistema internacional.


      Competências a desenvolver:

      • conhecimento da evolução histórica e da situação actual da Ásia-Pacífico; 
      • identificar as várias sub-regiões e compreender as respectivas especificidades e conexões;
      • entendimento do potencial, dos constrangimentos e das políticas dos actores mais relevantes, bem como o quadro das interacções bi e multilaterais;
      • perceber os factores de instabilidade e os principais conflitos e diferendos; 
      • compreender os vectores de competição e de cooperação na Ásia-Pacífico e a especificidade do multilateralismo e do regionalismo;
      • entender as interacções e interdependências entre a Ásia-Pacífico e outras regiões do globo.

    • 6 ECTSÁfrica Subsariana   Doutor Ricardo Sousa

       Objectivos de aprendizagem:

      • Compreender e interpretar as características específicas do continente africano (à excepção do norte de África árabe) e da sua colocação no mundo contemporâneo;
      • Estudar o sistema interestatal africano, incluindo as organizações regionais e o jogo de forças das potências africanas;
      • Entender as dinâmicas transversais aos vários países africanos, com relevo para as questões económicas, migratórias, movimentos de refugiados, dinâmicas transfronteiriças, etc.
      • Conhecer a natureza e as circunstâncias da conflitualidade presente em diversas sociedades africanas e sua tendência para a internacionalização;
      • Analisar as influências externas que se fazem sentir no continente africano.